Jesus Cristo

Ele é a cabeça do corpo da igreja, é o princípio e o primogênito de entre os mortos, para que em tudo tenha a peeminência.
Porque foi do agrado do pai que toda a plenitude nele habitasse,

Colossenses cap. 1 vers. 18-19.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Celebração de Louvor.

21 de Novembro o Vale do Anhangabaú Tremeu... A Bíblia diz em Mateus 18.20 “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.”, Agora tente imaginar aonde há reunido mais de 500 mil crentes clamando, louvando e adorando ao Senhor Jesus... Com palavras não poderia descrever tamanha glória do Senhor que desceu sobre aquele lugar. Foram mais de 10 horas de louvor ao Senhor Jesus. Até que o sol queria aparecer, mais no final da tarde a chuva foi implacável, mais para glória de Deus nenhum irmão arredou o pé 1 cm se quer. O único jeito que tenho para tentar expressar essa perseverança e esse amor por Deus é que o Espírito Santo estava enchendo a cada um naqueles momentos de adoração e louvor. Irmãos esse não foi apenas um evento para dizer que uma denominação estava a frente de um grande acontecimento, mais podemos ver muito mais que isso, vemos uma vitória para Cristo e uma grande derrota no reino das trevas. O que aconteceu foi a união da igreja do Senhor que irá se encontrar no céu. Ali havia irmãos de várias denominações diferentes, mais por algumas horas todos fomos uma grande família feliz e unida adorando o nosso Deus poderoso. Sei que poderia ter mais que o triplo de irmãos lá, mais para todo grande evento tem-se que primeiro dar o passo inicial, e eu sei que esse foi o primeiro de muitos que acontecerão, e sei que no ano que vem vamos ter mais que o dobro de irmãos reunidos lá. Para quem não pode ir, não precisa se entristecer, pois ano que vem tem mais. Mas para aqueles que assim como eu puderam estar lá viram como o povo de Deus é unido nas horas de adorar ao Senhor. Oro a Deus por cada um que assim como eu, adora, louva e glorifica a Deus não por o que Ele pode nos dar, mais por aquilo que Ele já fez por nós. Que a Paz do nosso Senhor Jesus possa estar com todos os amados Amém. Rafael Bento Carvalho.

domingo, 22 de novembro de 2009

Te Agradeço Senhor.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

domingo, 15 de novembro de 2009

Salmo de Davi
1- SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? 2- Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração. 3- Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo; 4- A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao SENHOR; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda. 5- Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado.

sábado, 14 de novembro de 2009

Nova mudança!

Mais uma mudança no creia na palavra, buscando boa navegação, rápidez e agilidade.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Pesquisa.

Fonte: Bíblia da Mulher – Editora Mundo Cristão – Sociedade Bíblica do Brasil.
Primeira Epístola de Paulo aos Tessalonicenses.
Autor- Há evidências internas e externas que sustentam que Paulo seja o autor desta epístola. Uma dessas evidências refere-se ao fato de o próprio apostolo reivindicar a autoria na própria epístola (1Ts 1.1; 2.18). A outra se apóia na opinião de especialistas no assunto, tanto antigos como atuais, que garantem a autoria de Paulo. Além disso, a epístola é tipicamente paulina de forma e coerente com os ensinos e características de Paulo.
Data- Logo após chegar a Tessalônica, Paulo foi forçado a si mudar para Beréia, depois para Atenas e, finalmente, para Corinto (At 17.1-10). Foi de Corinto, na sua segunda viagem missionária (50 d.C. a 52 d.C.), que Paulo escreveu aos crentes tessalonicenses. 1 Tessalonicenses pode ter sido a primeira epístola de Paulo.
Pano de fundoContexto- Tessalônica era a capital da Macedônia e sua principal cidade. Estava localizada na principal rodovia romana (Via Egnatia), que ia para o Leste. Paulo percebeu as ramificações globais ao atingir esse influente povo. A cidade era povoada basicamente por gregos, mas havia uma proeminente comunidade judaica.
Propósito- Paulo escreveu essa epístola depois de ter recebido um relatório de Timóteo, que havia acabado de retornar de uma visita a estes novos crentes (1Ts 3.6). Paulo determinou: 1- Expressar seu agradecimento e satisfação pelo crescimento e testemunho dos novos crentes; 2- Responder as acusações que estavam sendo levadas contra ele por alguns judeus oponentes; 3- Encorajar os crentes a continuarem o difícil trabalho deles, na perseverança e crescimento até a volta de Jesus; 4- Corrigir alguns mal-entendidos a respeito futura escatologia e a respeito dos sinais (dos tempos).
Destinatários- Primeiramente, essa epístola foi direcionada aos novos crentes de Tessalônica. Esse grupo de convertidos era composto por pagãos idólatras(1Ts 1.10), gregos “piedosos”(1Ts 1.8), além de judeus. Algumas das distintas mulheres de Tessalônica também se converteram (At 17.1-4). A orientação de Paulo era de que a epístola deveria ser lida para “todas” as pessoas (1Ts 5.27), o que inclui os crentes de todos os séculos.
Características literárias- Esta epístola é paulina na sua estrutura e nas suas características. O vocabulário é muito semelhante àquele que Paulo usa em outros escritos. Silvano (Silas) e Timóteo estavam com ele (1Ts 1.1); Paulo também não se intitula “apóstolo”. Sua autoridade espiritual e liderança nunca foram questionadas Tessalônica.
Tema- O tema de 1 Tessalonicenses é escatológico. De maneira interessante, cada capítulo termina com uma referência à volta de Cristo (1Ts 1.10; 2.19; 3.13; 4.13-18; 5.24). São discutidos a volta de Cristo e os eventos que conduzem à volta dele. Paulo dá aos Tessalonicenses uma esperança futura. Ele desejava que essa esperança encorajasse os tessalonicenses a suportarem os sofrimentos, a tornarem-se, dia a dia, mais parecidos com Cristo, a andarem mais perto de Deus e a anunciarem seu evangelho imediatamente. O encorajamento e as exortações de Paulo têm como objetivo aumentar o crescimento espiritual dos crentes.
Segunda Epístola de Paulo aos Tessalonicenses.
Autor
- Há evidências que sustentam a autoria paulina desta epístola. No entanto, há também controvérsias sobre esse assunto, mais do que em relação à primeira epístola de Paulo aos crentes de Tessalônica. Porem as evidências externas e internas que amparam a autoria paulina são bem consistentes. O próprio Paulo requereu a autoria (2Ts 1.1; 3.17). Além disso, o testemunho da Igreja Primitiva sustenta, firmemente, a autoria paulina. A leitura cuidadosa das duas epístolas revela semelhança de estilo, linguagem e teologia.
Data- Esta epístola foi escrita, provavelmente, alguns meses depois da Primeira Epístola de Paulo aos Tessalonicenses (51 a 52 d.C.). Paulo estava ansioso para continuar sua comunicação com os crentes de Tessalônica. Ele ainda estava em Corinto quando a escreveu. Apesar de algumas dúvidas sobre qual epístola foi escrita primeiro, pode-se afirmar com certeza que 1 Tessalonicenses precedeu esta epístola (2Ts 2.15).
Pano de fundo - Contexto- Tessalônica, capital da Macedônia, era o principal centro comercial que ligava a Macedônia ao Império Romano no Leste. A localização geográfica de Tessalônica era significativa para a evangelização do Leste.
Propósito- Paulo escreveu esta epístola para esclarecer seus ensinamentos sobre a volta de Cristo. Ao que tudo indica, Paulo recebeu notícias de que seus ensinamentos não foram bem compreendidos por alguns crentes. Ele também continuou a encorajar os tessalonicenses na fé.
Destinatários- Paulo escreveu novamente aos crentes de Tessalônica. Isso incluía gregos “tementes a Deus”, mulheres distintas e judeus que confiavam em Jesus.
Temas- Nesta epístola é exaltada a fidelidade de Deus. Paulo tentou encorajar novamente os tessalonicenses diante das perseguições e tribulações (2Ts 1). Paulo também explicou alguns aspectos pertinentes ao retorno do Senhor, o quais, aparentemente, causaram confusão nos tessalonicenses. Ele igualmente os advertiu sobre os perigos da ociosidade e encorajou-os a uma vida de auto-controle (2Ts 3.6-15). ≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Só observando.

O pastor de uma igreja decidiu observar as pessoas que entravam para orar. A porta se abriu e um homem de camisa esfarrapada adentrou pelo corredor central. O homem se ajoelhou, inclinou a cabeça, levantou-se e foi embora. Nos dias seguintes, sempre ao meio-dia, a mesma cena se repetia. Cada vez que se ajoelhava por alguns instantes, deixava de lado uma marmita. A curiosidade do pastor crescia e também o receio de que fosse um assaltante, então decidiu aproximar-se e perguntar o que fazia ali.. O velho homem disse que trabalhava numa fábrica, num outro bairro da cidade e que se chamava Jim. Disse que o almoço havia sido há meia hora atrás e que reservava o tempo restante para orar, que ficava apenas alguns momentos porque a fábrica era longe dali. E disse a oração que fazia: 'Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias. Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.' O pastor, um tanto aturdido, disse que ele seria sempre bem-vindo e que viesse à igreja sempre que desejasse. 'É hora de ir' - disse Jim sorrindo. Agradeceu e dirigiu-se apressadamente para a porta. O pastor ajoelhou-se diante do altar, de um modo como nunca havia feito antes. Teve então, um lindo encontro com Jesus. Enquanto lágrimas escorriam por seu rosto, ele repetiu a oração do velho homem... Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar mas penso em você todos os dias. Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.' Certo dia, o pastor notou que Jim não havia aparecido. Percebendo que sua ausência se estendeu pelos dias seguintes, começou a ficar preocupado. Foi à fábrica perguntar por ele e descobriu que estava enfermo. Durante a semana em que Jim esteve no hospital, a rotina da enfermaria mudou. Sua alegria era contagiante. A chefe das enfermeiras, contudo, não pôde entender porque um homem tão simpático como Jim não recebia flores, telefonemas, cartões de amigos, parentes... Nada! Ao encontrá-lo, o pastor colocou-se ao lado de sua cama. Foi quando Jim ouviu o comentário da enfermeira: - Nenhum amigo veio pra mostrar que se importa com ele. Ele não deve ter ninguém com quem contar!! Parecendo surpreso, o velho virou-se para o pastor e disse com um largo sorriso: - A enfermeira está enganada, ela não sabe, mas desde que estou aqui, sempre ao meio-dia ELE VEM! Um querido amigo meu, que se senta bem junto a mim, Ele segura minha mão, inclina-se em minha direção e diz: 'Eu vim só pra lhe dizer quão feliz eu sou desde que nos tornamos amigos. Gosto de ouvir sua oração e penso em você todos os dias. Agora sou eu quem o está observando... e cuidando! ' Jesus disse: 'Se vós tendes vergonha de mim, também me envergonharei de vós diante do meu Pai.' E se você não está envergonhado, passe essa mensagem adiante. Jesus é sempre o melhor amigo. SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO OBSERVADO (a)! TENHA UM LINDO DIA!
LEIA SOMENTE SE VOCÊ TIVER TEMPO PRA DEUS.
A FALTA DE TEMPO PARA DEUS É EXATAMENTE O QUE TEM CAUSADO UMA PORÇÃO DE PROBLEMAS NO MUNDO EM QUE VIVEMOS. NOS RESUMIMOS EM ENCONTRAR DEUS SOMENTE NAS IGREJAS AOS DOMINGOS DE MANHÃ TALVEZ NOS DOMINGOS À NOITE.. NOS OCUPANDO COM NOSSAS OBRIGAÇÕES DURANTE A SEMANA TODA. LEMBRAMOS D' ELE SOMENTE QUANDO ESTAMOS DOENTES E CLARO, EM VELÓRIOS , QUANDO PERDEMOS ENTES QUERIDOS. PORÉM, NÃO TEMOS TEMPO PRA ELE DURANTE O TRABALHO, LAZER ETC.. NÃO IMPORTA EM QUE LUGAR DO MUNDO, SIMPLESMENTE , ACHAMOS QUE PODEMOS NOS VIRAR SOZINHOS. QUE DEUS NOS PERDOE POR ESSES PENSAMENTOS! NÃO EXISTE TEMPO OU LUGAR EM QUE ELE NÃO POSSA ESTAR CONOSCO. AMÉM!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Inovação!

O Creia na Palavra está de cara nova, inovando para ser melhor. O que você acha? Deixe o seu comentário.

sábado, 10 de outubro de 2009

Premio Dardos.

O que é? Este é o "Prêmio Dardos" que dá a cada blogueiro o reconhecimento de seu valor, esforço, ajuda, transmissão de conhecimento, todos os dias.
Recebi este selo do blog Voz no Silêncio, o qual agradeço o carinho.

sábado, 3 de outubro de 2009

A oração de Jesus por nós.

Podemos entender o que Deus espera de nós quando lemos João 17.
Esse capítulo é uma oração muito especial feita por Jesus, Sua crucificação está próxima e Jesus entende que Sua missão estava sendo cumprida.
Ele pediu algumas coisas para Deus, e todas essas petições eram para nós.
Mas o que Jesus pediu?
- SEGURANÇA E PROTEÇÃO Versículo 11 –
“E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.” Deus espera que confiemos na Sua proteção e segurança.
- UNIDADE
Para sermos um, temos que participar, a Igreja de Jesus na Terra deve ser unida. A Igreja evangélica deve ter união pelo Corpo de Cristo e sermos um só povo escolhido de Deus.
- ALEGRIA PLENA Versículo 13 –
“Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.” A alegria do Senhor é nossa garantia. Não precisamos fazer força para se alegrar. Se andarmos na presença de Deus teremos muito mais alegrias do que tristezas. Podemos chorar por uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Deus quer te ver sorrir. Teremos alguns motivos de tristeza, mas se andarmos com Deus teremos com certeza a alegria.
- SANTIFICAÇÃO Versículo 17 –
“Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.” Jesus sabe que sem santidade ninguém verá Deus, e ninguém receberá dons e não há frutos legítimos. A santificação vem de Deus, um homem pela sua própria força não pode se santificar. Temos de resistir à tentação para receber a vitória que vem de Deus. Muitos não estão lutando contra o pecado. Deus espera poder te santificar.
- COMUNHÃO Versículo 24 -
“Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.” Significa estar em comunhão com Deus, estar no centro da vontade de Deus. Devemos estar onde a presença de Deus está. Ele espera que você seja um com Cristo.
- AMOR Versículo. 26 –
“E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.” O amor de Jesus precisa estar em você. Precisamos amar assim como Jesus foi amado por Deus. Deus espere que você ame.
Vemos, então, que através de Jesus temos:
- SEGURANÇA E PROTEÇÃO;
- SOMOS UNIDOS;
- ALEGRIA PLENA;
- SANTIFICAÇÃO;
- COMUNHÃO;
- AMOR.
Deus abençoe!
Pr. Marcio e Equipe - Classe Água VivaEscola Bíblica Dominical aos Domingos às 10:00 hrsAuditório da Igreja Ass. de Deus do Bom RetiroRua: Afonso Penna, 560- perto da estação metrô Tiradentes-SP

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Cronologia da vida do Ap. Paulo.

Segundo os historiadores........
Ano 3 d.C.- Nascimento.
Ano 3 a 18 d.C.- Juventude em Tarso.
Ano 18 a 26 d.C.- Aprendizado em Jerusalém.
Ano 26 a 32 d.C.- Período em Tarso.
Ano 32 a 35 d.C.- Retorno a Jerusalém, e perseguição aos cristãos.
Ano 35 d.C.- Conversão.
Ano 35 a 37 d.C.- Período em Damasco e Arábia.
Ano 37 d.C.- Primeira visita a Jerusalém (conversa com Pedro), e fuga para Tarso.
Ano 37 a 43 d.C.- Período em Tarso.
Ano 43 d.C.- Período em Antioquia da Síria, com Barnabé.
Ano 44 d.C.- Segunda visita a Jerusalém.
Ano 47 a 48 d.C.- Primeira viagem missionária.
Ano 50 d.C.- Concílio de Jerusalém.
Ano 51 a 53 d.C.- Segunda viagem missionária, escreveu neste tempo em Corinto duas epístolas, primeira e segunda Tessalonicenses.
Ano 54 a 58 d.C.- Terceira viagem missionária, escreveu neste tempo em Éfeso, primeira aos Coríntios, na Macedônia escreveu segunda aos Coríntios, depois em Corinto escreveu Gálatas e Romanos.
Ano 58 d.C.- Prisão em Jerusalém.
Ano 58 a 60 d.C.- Encarceramento em Cesáreia.
Ano 60 a 61 d.C.- Viagem para Roma.
Ano 61 a 63 d.C.- Primeiro encarceramento em Roma, escreveu na prisão as epístolas conhecidas como "cartas da prisão", Colossenses, Filemom, Efésios e Filipenses.
Ano 63 d.C.- Primeiro julgamento em Roma (absolvição).
Ano 63 a 66 d.C.- Quarta viagem missionária ida à Espanha, escreveu primeira à Timóteo e Tito.
Ano 67 d.C.- Segundo encarceramento em Roma, escreveu segunda à Timóteo.
Ano 67 a 68 d.C.- Segundo julgamento em Roma (condenação e execução).
Quero lembrar que essas datas são aproximadas.

sábado, 12 de setembro de 2009

O Supremo.

1) O supremo pastor - I Pd 5: 4 Ora, logo que o Supremo pastor se manifestar, recebereis a imarcescível coroa da glória.
2) O bom pastor – Jo. 10:11,14 Eu Sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas... Eu sou o bom pastor, conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim.
3) O grande pastor – Mq. 5: 4; Ele se manterá firme e apascentará o povo na força do SENHOR, na majestade do nome do SENHOR, seu Deus; e eles habitarão seguros, porque, agora, será ele engrandecido até aos confins da terra. Hb 13:20 Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor, o grande pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança. Ele conhece as suas ovelhas (Jo. 10:14,27) Eu sou o bom pastor, conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim. ...As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem; Ele as chama pelo nome (Jo. 10:3) ; Ele as guia (Sl 23:03); Ele as alimenta (Jo. 10:09); Ele as protege e preserva e lhes dá a vida eterna (Jo.10:28). Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão. Deus abençoe!
Pr. Marcio e Equipe - Classe Água Viva Escola Bíblica Dominical aos Domingos às 10:00 hrs Auditório da Igreja Ass. de Deus do Bom Retiro Rua: Afonso Penna, 560- perto da estação metrô Tiradentes-SP

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Ludmila Ferber - Nunca pare de Lutar.

É linda essa música, ela traz uma mensagem de força de guarra e muito mais, eu adoro.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

O forte e o fraco.

O forte agradece, o fraco reclama.
O forte avança, o fraco retrocede.
O forte luta, o fraco foge.
O forte trabalha, o fraco cruza os braços.
O forte crê, o fraco duvida.
O forte ama, o fraco odeia.
O forte persevera, o fraco desiste.
Na vida os verdadeiramente fortes são aqueles fortalecidos por Deus são aqueles que mesmo diante dos grandes desafios da existência, encontram forças para continuar enxergando a plenitude da vida.
Salmos 18:02 O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Como estás?

Livro de Malaquias cap. 3 vers 13-14. As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o Senhor; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós dizeis: Inútil é servir a Deus. Que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos, e andar de luto diante do Senhor dos Exércitos?
Glória a Deus a Paz do Senhor Jesus a todos amém! Aleluia, talvez você como eu ao ler esse versículo tenha pensado: quem terá sido capaz de dizer uma coisa como essa? É verdade em um primeiro momento ficamos assim abismados, como alguém que está servindo a Deus diz? "Inútil é servir a Deus", seria incabível diante da grandeza e generosidade do nosso Senhor, mas note que, não era qualquer pessoa que estava dizendo isso não, Malaquias teve a incumbência de exortar os sacerdotes que serviam a Deus no templo. Esses homens eram responsáveis por diversas tarefas no templo, e eu sei que não é difícil você encontrar irmãos pensando da mesma forma, alguns até mostrando o relógio para Deus e dizendo: há quanto tempo Senhor me foi feita aquela promessa e até hoje não se cumpriu, do que me adiantou estar aqui todo esse tempo. É irmãos eu sei que não é difícil, mas note alguns aspectos desses homens, e é sobre isso que quero falar.
Situação cotidiana......
Já no dia a dia, esses homens estavam sem prazer de realizar aquilo que Deus deixará escrito na lei de Moisés, conforme escrito nos versículos 13-14 do cap. 1 do livro, eles diziam que a mesa do Senhor era impura e desprezível, mas se esqueciam que eram eles que ofereciam as ofertas de qualquer maneira, ofereciam o roubado, coxo e enfermo, sem cuidado algum com as escrituras. Meu irmão tem muita gente trabalhando na obra de Deus do mesmo jeito, tomam atitudes sem cuidado algum com as escrituras, sem discernimento das coisas espirituais sem oração e jejuns e depois se lamentam, murmurando e dizendo coisas vãs, muitos estão a tanto tempo fazendo as mesmas coisas, e sem progredir na vida que acabam a pensar dessa maneira, eles não percebem que estão assim cansados, fadigados e tristes, e se Deus derrepente te levanta para fazer algo na igreja, é o primeiro a dizer: "cuidado esse ainda não está preparado", pobre irmão, mas é assim mesmo não é? Esses homens tinham a responsabilidade de abençoar o povo, veja o versículo 2 do cap. 2, Deus diz abertamente: "amaldiçoarei as vossas bênçãos, e já as tenho amaldiçoado", essas bênçãos por um acaso seriam a bênçãos com que eles abençoavam o povo? Deixo aqui uma pergunta para o seu comentário.........
As pessoas que nos abençoam estão preparadas?
Pergunto isso porque eles não estavam, e eram sacerdotes, e já estavam rejeitados pelo Senhor, e os pastores e "pastoras" de hoje estão?
Situação espiritual.....
Creio eu que era a pior, pois murmurar assim era simplesmente se esquecer de quem era o Deus de Israel, se esquecer da história de seus pais e da soberania de Deus em todas as coisas. Meu irmão você que derrepente parou por confrontar com pessoas assim, comigo já aconteceu isso em uma igreja, eu tiro como experiência hoje, eu digo a você: não pare, não desista do seu sonho, esteja com Deus e ele estará com você. Nas igrejas de hoje está difícil devido a heresias e materialização da fé, mas nós temos que combater isso segundo as escrituras e a vontade de Deus, não se revolte.
Reflexão.....
Talvez você como eu não esteja pensando nem dizendo isso: inútil é servir a Deus, mas sabe de uma coisa, talvez não estejamos dizendo, mas as nossas atitudes estão gritando isso, quando pecamos ou quando tratamos as pessoas com negligência estamos falando isso para o nosso Deus, quando deixamos de agir corretamente estamos dizendo isso, quando não nos doamos com o coração, estamos olhando lideres e igrejas afundando nas profundezas da mentira que estão dizendo isso, quando murmuramos, quando não buscamos a Deus, quando usamos de soberba, quando desprezamos o próximo é o mesmo que dizer inútil é guardar os mandamentos de Jesus, se tivéssemos prazer em servir a Deus jamais agiríamos assim.
Pense....
O meu testemunho converte a quem, o que faço para realmente justificar a minha fé, quais as minhas obras diante do Deus Altíssimo? A minha fé tem que ser capaz de suportar tempos difíceis, tem que me sustentar firme e com carater cristão. Não pense em nenhum momento que inútil é servir a Deus, pois não é! Amém.

terça-feira, 21 de julho de 2009

A proposta de Deus.

Quando olhamos à nossa volta e para dentro de nós mesmos, nem tudo é bonito e bom. Encontramos muito sofrimento, dor, maldade, conflito e destruição. O sol que aquece e faz com que as plantas cresçam, também queima as culturas. A água que rega e mata a sede ao homem, também inunda e provoca devastação. A mão que se estende para dar um carinho, para plantar uma árvore, também é a mão que empunha uma arma e derrama sangue. Os lábios que falam a verdade e o amor, também são os lábios que ferem e magoam. Não é preciso muito para constatarmos que nem tudo vai bem com o mundo, a sociedade, a família, nossos jovens e conosco mesmo. Por causa disso muitas pessoas duvidam de Deus e até negam a Sua existência. Mas não é preciso muito para chegarmos à conclusão de que outra pode ser a realidade. O problema reside em nós e não em Deus. É precisamente isso que constatamos quando lemos a Bíblia, e consideramos atentamente a vida e a mensagem de Jesus. Quando atentamos para Cristo, imediatamente somos confrontados com o fato de que não apenas Ele veio para nos dar a conhecer quem Deus é, mas também para nos levar de volta ao propósito que desde sempre Ele teve a nosso respeito. "Deus amou de tal modo a humanidade que lhe entregou o seu Filho único, para que todo aquele que crer no Filho de Deus não se perca, mas tenha a vida eterna. Não foi para condenar o mundo que Deus lhe enviou o seu Filho, mas sim para o salvar." (Evangelho de João 3:16,17) Deus Abençoe. Este texto me foi enviado por: Pr. Marcio e Equipe - Classe Água Viva Escola Bíblica Dominical aos Domingos às 10:00 hrs Auditório da Igreja Ass. de Deus do Bom Retiro Rua: Afonso Penna, 560- perto da estação metrô Tiradentes-SP

domingo, 12 de julho de 2009

É de extrema importância o batismo nas águas.

A paz do Senhor Jesus a todos! Amém. Esse é um assunto de extrema importância para nós os cristãos e para aqueles que querem se encontrar com Deus. O batismo nas águas, Mateus cap. 3 vers. 13-17. O batismo de Jesus, também está escrito em: Lc. cap. 3 vers. 21-22/Jo. cap. 1 vers. 32-34. Jesus foi batizado nas águas pouco antes de começar a exercer seu ministério, e logo que foi batizado recebeu também o Espírito de Deus. Mas a intenção é falar do batismo como doutrina da igreja e é de extrema importância que os crentes se batizem, pois o mesmo é como uma marca para a salvação, digo uma marca porque somos salvos pela fé e não por batismo, e aproveito também para dizer que o batismo não salva ninguém porque é possível ser batizado e derrepente se tornar um apostatá, e desta forma abandonar a fé em Cristo. Então seguindo essa linha de raciocínio observamos o batismo como descrito nas escrituras........
  • O batismo do arrependimento.
Mt. cap. 3 vers. 11. João pregava nas proximidades do rio Jordão, e la também batizava aos que se chegava a ele, e fica claro que a mensagem de João era para arrependimento no cap. 3 de Mt. no vers. 8, quando João repreendia os fariseus e saduceus que vinham até ele para se batizar, e ele próprio confirma como batismo de arrependimento no vers. 11. Lucas também escreve como batismo de arrependimento, Lc. cap. 3 vers. 3, e Lucas vai além e descreve para arrependimento e perdão dos pecados. Paulo em sua terceira viagem missionária também cita o batismo nas águas que João Batista realizava, como que para arrependimento, At. cap. 19 vers. 4.
  • O batismo tem significado...........
Para Deus o batismo é como morte e ressurreição, o velho homem se arrepende e se batiza nas águas, ao descer as águas é como se o velho homem ficasse afogado lá embaixo e ao subir um novo ser se fez agora temente a Deus por Cristo Jesus. Cristo deixa claro a Nicodemos que: aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus, Jo cap. 3 vers. 5. Fica claro que é um novo ser é como nascer de novo no batismo, uma marca de confissão de fé.
  • Para a igreja...
O batismo é seu testemunho de fé em Cristo Jesus, testemunho público para você seus familiares, amigos, sua igreja é como uma confissão da sua fé em Cristo, veja o que Paulo diz aos Romanos: Rm cap. 10 vers. 9-10. Paulo deixa claro que com a boca se faz confissão para a salvação, ora não é no batismo que confessamos realmente a Cristo? Quais são as palavras do pastor? Não são estas? Você Marcelo Senna da Silva, aceita Jesus como teu único e suficiente salvador (sim), você crê que ele é o filho de Deus (sim), promete ama-lo, honrá-lo até os últimos dias de sua vida (sim), mediante a sua pública confissão eu te batizo em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo de Deus, amém, não é assim? Não é nesta hora que confessamos com a boca para a salvação? Eu creio que sim, claro que você pode estar pensando, é mas o ladrão na cruz não se batizou, eu te entendo e te digo que ele se arrependeu na ignorância, pois o evangelho não estava ainda escrito, e que Cristo sonda os corações e aquele caso em específico foi maravilhoso, pois Cristo viu um se arrepender, e reconhecendo que ele era o Messias pediu: lembra-te de mim quando entrares no teu Reino (Cristo viu arrependimento), enquanto o outro......
  • É também uma ordenança de Cristo....
Mateus cap. 28 vers. 19. Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; É uma ordenança para os seus discípulos. Podemos ver em alguns exemplos na Palavra de Deus, da necessidade do batismo nas águas, quando o homem conhece a Jesus. At. cap. 8 vers. 26-38, e também mais um de vários em At. cap. 16 vers. 14-15. Eu citei aqui dois exemplos de que o batismo era seqüência da pregação, Pedro também batizou a casa de Cornélio. Poderia eu falar muitas coisas sobre o batismo, mas quero ver sua opinião, vou deixar mais uma linha de raciocínio aqui, Efésios cap. 4 vers. 24. E vos revistais do novo homem, que, segundo Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade. Um novo homem com certeza arrependido.
  • Portanto......
Se você concorda com isso e conhece alguém que é crente e ainda não se batizou diga a este irmão para se aprofundar no conhecimento da Palavra de Deus e se batizar.......Amém

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Tempo Precioso.

A Paz de Cristo, Colossenses 3:16 “A palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria; ensinai-vos e admoestai-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a Deus com gratidão em vossos corações.” Vamos seguir os passos para aprender a permanecer: 1º passo - Dê a Deus tempo de qualidade, dê as primícias do seu tempo. O tempo de qualidade com Deus permite que você consiga discernir a voz Dele. Tenha tempo de qualidade com Deus. 2ª passo - Deguste a Palavra, gaste tempo lendo a Bíblia. Busque uma revelação da palavra de Deus. 3º passo - Quando for orar, converse com Deus. Desenvolva a habilidade de ouvir o Espírito Santo falando. 4º passo - Vença as barreiras, comunhão não é sensação, é relacionamento. 5º passo - Obedecer, a desobediência quebra a aliança que você tem com Deus. É impossível permanecer quando estamos em desobediência, porque Deus não vai contra a Sua Palavra. SIGA EM FRENTE E PERMANEÇA PARA QUE NO FUTURO VOCÊ VEJA MUITOS FRUTOS. Este texto me foi enviado por: Pr. Marcio e Equipe - Classe Água Viva Escola Bíblica Dominical aos Domingos às 10:00 hrs Auditório da Igreja Ass. de Deus do Bom Retiro Rua: Afonso Penna, 560- perto da estação metrô Tiradentes-SP

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Atitude nobre, quebranta corações.

Livro de 1 Samuel cap. 25 vers. 23-24. Vendo, pois, Abigail a Davi, apressou-se, e desceu do jumento, e prostrou-se sobre o seu rosto diante de Davi, e se inclinou à terra. E lançou-se a seus pés e disse: Ah! Senhor meu, minha seja a transgressão; deixa, pois, falar a tua serva aos teus ouvidos e ouve as palavras da tua serva. Glória a Deus! A Paz do Senhor Jesus a todos, Amém. A bíblia nos relata um acontecimento maravilhoso na vida de Davi e de Abigail, um encontro onde diferentes sentimentos estão a flor da pele. Depois da morte de Saul, Davi vai ao deserto de Parã, e la ele ouviu dizer que Nabal, um homem que tinha suas possessões no Carmelo, e era poderoso e tosquiava suas ovelhas no Carmelo. Davi enviou então dez de seus homens, para pedir a Nabal o que lhe estivesse a mão, fica claro que Davi estava pedindo o que comer no versículo 11, quando Nabal recusa a ceder algo a Davi, e ele fala que não tiraria do seu pão, e nem da sua água e da sua carne para dar a homens que ele não sabia de onde vieram. Os homens de Davi retornaram e contaram a ele o que Nabal disse, imediatamente Davi ordena a seus homens que cingissem as suas espadas, e sem pensar muito Davi sobe para ir até Nabal. Neste meio tempo um dos jovens servo de Nabal, vai até Abigail e conta tudo o que estava acontecendo, e como se portara os homens de Davi no deserto dando proteção e ajudando os pastores de Nabal e como eles eram como muros para eles no deserto, vers. 14-16, e também diz a ela veja o que tu as de fazer pois o mal está contra Nabal e contra a sua casa, vers. 17. Abigail recebe essa notícia e a bíblia diz em seguida que ela se apressou e preparou, pães, vinho, ovelhas guisadas, trigo tostado, passas, pastas de figo em determinadas quantidades, e partiu ao encontro de Davi. Abigail não tinha certeza do que iria encontrar, ela ouvira dizer que o mal estava determinado contra o seu marido e a sua casa, por uma atitude que lhe parece injusta por parte de Nabal, ela se prepara e vai ao encontro de um homem cheio de maldade em seu coração, corajosa e determinada ela vai em busca de apaziguar aquela situação. Veja como estava o coração de Davi: E disse Davi: Na verdade, em vão tenho guardado tudo quanto este tem no deserto, e nada lhe faltou de tudo quanto tem, e ele me pagou mal por bem. Assim faça Deus aos inimigos de Davi e outro tanto, se eu deixar até à manhã, de tudo o que tem, mesmo até um menino. vers. 21-22. Davi estava pronto a acabar com tudo que era da casa de Nabal até mesmo as crianças, totalmente determinado a fazer somente maldades, matar as pessoas e saquear os bens daquela família. A bíblia diz que Abigail quando Davi se apressa e se prostra diante de Davi, e lançou-se aos seus pés e disse: Ah! Senhor meu, minha seja a transgressão; deixa, pois, falar a tua serva aos seus ouvidos e ouve as palavras da tua serva.
  • Humildade.
Ela se lança aos pés daquele homem, ela se prostra, se humilha com rosto no chão no pó, diante de uma situação que lhe era adversa, ela não perguntou os porquês e nem foi atrás de tirar satisfação com Davi achando injusta a sua situação, e nem murmurou para Deus pensando que era boa demais para passar por aquilo, simplesmente ela demonstra humildade, que o que nós deveríamos fazer diante de tantas situações que fazem parte das nossas vidas, e nós não fazemos assim, antes somos reclamões, murmuradores, questionadores, porque Deus porque Deus, em vez de tomarmos atitudes assim.
  • O coração de Davi estava para o mal e o de Abigail para apaziguar.
Outra coisa muito me chama a atenção, ela se coloca no lugar de Nabal, ela disse: minha é a transgressão; sabe o eu vejo aqui....
  • Compaixão.
Pra se colocar no lugar das pessoas os nossos corações precisam de quebrantamento, compaixão, colocar-se no lugar das pessoas é uma tarefa árdua e difícil para todos nós, ela assumiu o erro de Nabal, como Cristo fez com a gente la na cruz, levando sobre ele os nossos pecados, pagando com o seu sangue a minha culpa, me dando com essa atitude, a oportunidade de me reconciliar com Deus pai, Abigail sim teve uma atitude nobre, atitude de Cristo. Ela vai até Davi se porta dessa maneira e pede para falar com Davi, e ele então ouvi tudo o que ela tinha para dizer. Meu irmão creia o Senhor está pronto para nos ouvir, pronto para receber a nossa adoração, não seja rebelde seja humilde, se prostre diante do Senhor Jesus, e ele vai ouvir a tua oração, Abigail ainda diz a Davi, ouvi as palavras de tua serva, ela coloca Davi como senhor dela, se humilhando diante dele, e mais a frente ela pede perdão por uma transgressão que Nabal cometeu e não ela, ela não sabia, vers. 28. O que quero que fique guardado no seu coração é o seguinte....
  • Davi muda de ideia.
Ele ouvi tudo, e quando ela lhe oferece uma bênção ele aceita, e no versículo 32, ele glorifica a Deus por ter mandado Abigail ao seu encontro, e no vers. 33 diz que ela é bendita, neste momento o coração de Davi é outro, ele muda de atitude e decide abençoar, agradecer, e deseja paz a toda casa de Abigail.
  • Conclusão.
A atitude nobre de Abigail foi capaz de mudar um coração que estava cheio de perversidades; o meu querido que tenhamos isso dentro de nós, atitude nobre diante de situações que parecem impossíveis aos olhos da carne, mas com um pouco de esforço, compaixão, humildade, simplisidade, quebrantamento, espiritualidade e ajuda de Deus, possamos também mudar pensamentos, ações, situações, imprevistos, problemas e muitas coisas que envolvem o nosso dia a dia. Amém e que Deus abençoe!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

O conhecimento traz o avivamento.

Livro de Esdras cap. 7 vers. 10. Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a Lei do Senhor, e para cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos. Glória a Deus! Esdras era escriba conhecedor da Lei de Deus escrita por Moisés, e subiu a Jerusalém sob o mandato do rei Artaxerxes, para fazer inquirição em Judá e em Jerusalém, conforme a Lei de Deus (a lei mosaíca), e para levar a prata e o ouro que o rei e os conselheiros deram voluntariamente para oferecerem uma oferta ao Deus Altíssimo, conforme está no cap. 7 vers. 14-17. O que me chama atenção é que o coração de Esdras estava pronto para cumprir o mandado do rei, mas também estava disposto, preparado para uma grande obra espiritual, a de avivar o povo a seguir a Deus, conforme os mandamentos da Lei de Deus, cap. 7 vers. 10. Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a Lei do Senhor, e para cumprir;
  • Obediência e fé.
Esdras se preparou para buscar a Lei do Senhor (conhecimento), mas também estava disposto a cumprir (fé). Aprendemos que: Não tenhamos apenas conhecimento das escrituras e discursos bonitos, mas disposição para se cumprir os ensinamentos do nosso Senhor Jesus, tenhamos em nosso coração o conhecimento misturado com a fé, para seguirmos em frente praticando a vontade de Deus, realizando a obra de Deus com prudência a dedicação. Esdras nos da um grande exemplo. Outro fato interessante é que ele estava preparado a ensinar, "e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos", cap. 7 vers. 10.
  • Compartilhar é preciso.
Seria fantástico se todo servo de Deus, estivesse disposto a ensinar o que ele aprende, ensinar aos seus familiares, amigos, pessoas mais próximas a ele, claro que essa não é uma tarefa fácil, visto que nem todos querem estar com Deus, mas vejamos o exemplo de Esdras, ele tinha em seu coração um propósito e um grande propósito, cumprir (dar bom testemunho) e ensinar a palavra de Deus, a todo aquele povo, as duas tribos que habitavam o reino do Sul, Judá e Benjamim. Não era uma tarefa fácil, mas ele sabia que a mão de Deus estava com ele, ei crente a mão de Deus está com você também, se levante como sacerdote do seu lar, ensine a palavra de Deus aos seus familiares com humildade e paciência, você pode ganhar a sua família para Jesus. O conhecimento da palavra leva as pessoas a pensarem mais nos seus atos, e isso traz quebrantamento nos corações e avivamento espiritual. No cap. 9 Esdras fica atônito, quando os príncipes trazem ao seu conhecimento a transgressão do povo, Esdras fica atônito por horas até que decide fazer orações a Deus. No cap. 10 vemos o resultado de tudo isso, o povo se arrepende e faz um conserto com Deus, e se separam das mulheres estranhas, cap 10 vers. 10-12.
  • Arrependimento é .........
Mudança de atitude, mudar de atitude é necessário quando estamos errados e andando de qualquer maneira diante do nosso Deus. Faça uso do seu conhecimento para produzir em você arrependimento, para moldar o seu carater, para você adquirir carater cristão e avivamento espiritual. Amém. Observando o livro de Esdras fica fácil de entender a parábola do bom samaritano, mas deixa para o próximo post.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Meditação.

Salmos 1

1- Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
2- Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
3- Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
4- Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
5- Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
6- Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.

terça-feira, 16 de junho de 2009

O teste da fé.

Tiago cap. 1 vers. 2-3. Meus irmãos, tende grande gozo quando caírdes em várias tentações, sabendo que a prova da vossa fé produz a paciência. Glória a Deus, Graça e paz do Senhor Jesus a todos. Tiago deixa bem claro que devemos nos alegrar quando "caírdes em várias tentações", e nos mostra que a tentação é a prova da nossa fé, "sabendo que a prova da nossa fé", com o intuito de produzir em nós paciência, "produz paciência". Interessante é que essa prova da fé pelas tentações tem propósitos, e um deles é produzir paciência.
  1. De onde vem as tentações, onde nasce as tentações?
Tiago cap. 1 vers. 13-14.
  • A tentação não provem de Deus. cap. 1 vers. 13.
  • Ela é fruto da nossa atração e concupiscência(desejo desenfreado da carne).
A tentação chega até nós pela atração, quando somos atraídos por algo que não é conivente a palavra de Deus, e essa atração germina em nossa carne o desejo, vontade ou melhor dizendo a concupiscência. Observe o versículo 15: Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Observe que nós temos uma opção, que é essa: Você pode ser atraído, mas antes que isso chegue a se tornar um desejo desenfreado, uma coisa incontrolável que vai levar você a consumir o pecado e gerar a morte; você pode ser vigilante e sair fora o mais rápido possível, se apoiando no versículo 12: "Bem aventurado o varão que sofre a tentação; porque quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam". Ou seja você é atraído, mas pela tua fé em Cristo, você não pratica aquilo que não convém ao cristão, você é atraído, mas antes que isso te prejudique, antes que isso leve você a consumir o pecado, pela fé, em oração e consagração a Deus com jejuns, você vence a tentação do seu próprio corpo. Essa é a prova da nossa fé, é como um exercício que vai nos ser muito útil, para produzir em nós paciência. Pela fé você vence a carne. Paulo escreve aos Gálatas no cap. 5 vers. 16: "Digo porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne. Ora é pela fé que se anda em Espírito, é pela fé que se alcança a coroa da vida. Amém, Glória a Deus.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Como vencer magoa. Rev. Hernandes Dias Lopes.

A paz do Senhor Jesus. Amém. Particularmente eu admiro muito esse grande homem de Deus, e gostei muito desse texto que ele escreveu, é muito bom e pode ajudar muitas pessoas. Como vencer a magoa/// A mágoa é um sentimento avassalador. Muitas pessoas são destruídas pela mágoa e vivem soterradas debaixo dos escombros de seus ressentimentos. Há indivíduos que perdem a alegria de viver por nutrirem amargura no coração. Elimeleque, Noemi, Malom e Quiliom enfrentaram duras circunstâncias em Belém, a casa do pão (Rt 1.1-22). Faltou pão na casa do pão. Aquela família para fugir da crise econômica, mudou-se para Moabe. Ao buscar sobrevivência e segurança em Moabe encontraram a carranca da morte. Em Moabe Noemi perdeu o marido e seus dois filhos (Rt 1.3-5). Agora, estava velha, viúva, pobre e sozinha em terra estrangeira. As circunstâncias pareciam conspirar contra ela. Seu coração encheu-se de mágoa. Logo que Deus mudou a sorte de Belém, Noemi resolveu voltar para sua terra. Nessa volta, ela expressou sua mágoa; mas, também, nessa volta Deus a restaurou e lhe abriu a porta da esperança. Como vencer a mágoa? 1. Olhe para o alto e saiba que Deus está no controle da situação - Noemi lançou a culpa de suas perdas sobre Deus. Ela disse que Deus havia descarregado sobre ela a sua mão (Rt 1.13). Ela afirmou que o Todo-poderoso havia lhe dado grande amargura (Rt 1.20). Ela disse que havia partido ditosa de Belém, mas o Senhor a havia feito voltar a Belém pobre (Rt 1.21a). Ela acusou Deus de ter se manifestado contra ela e tê-la afligido (Rt 1.21b). Noemi olhou para Deus como o causador de sua dor. Ela entendeu que Deus era o protagonista e responsável por todo o seu sofrimento. Na sua leitura, Deus estava contra ela e não ao seu favor. A sua mágoa mais profunda não era por causa de suas perdas, mas porque Deus estava pesando a mão sobre ela. Noemi olhou para vida pelo lado avesso. Ela não discerniu o propósito soberano de Deus que se desenrolava na sua vida e através da sua vida. Deus estava escrevendo um dos capítulos mais emocionantes da história da humanidade através daquela pobre viúva, a fim de que ela fosse avó do grande rei Davi, tronco de onde nasceria o Messias, o Salvador do mundo. 2. Olhe ao seu redor e saiba que há pessoas que amam você verdadeiramente - Quando Noemi já velha, viúva, pobre e sozinha voltava para Belém, sua nora Rute, viúva de Malom, demonstra a ela, de forma eloqüente, um acendrado amor. As palavras de Rute a Noemi são relembradas com grande emoção ainda hoje nas cerimônias de casamento: "Aonde quer que tu fores, irei eu e, onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu e aí serei sepultada; faça-me o Senhor o que bem lhe aprouver, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti" (Rt 1.16,17). Quando estamos amargurados deixamos de perceber a beleza e a profundidade do amor que as pessoas nos dedicam. A vida nunca é um deserto quando somos consolados pelo bálsamo do amor. A amargura e o amor não podem co-existir. O amor transforma o vazio da solidão na plenitude da alegria. 3. Olhe para frente e saiba que Deus pode transformar suas tragédias em triunfo - Noemi pensou que o seu destino era sofrer. Ao chegar de volta em Belém resolveu trocar de nome (Rt 1.20).. Noemi significa "ditosa, feliz". Ela pediu para ser chamada de Mara, "amargura". Ela queria levantar um monumento definitivo para celebrar a sua dor. Ela estava olhando pela lente do retrovisor, só relembrando suas perdas e suas desventuras. Mas, Deus transformou suas tragédias em triunfo. Rute casou-se com Boaz, um parente rico e remidor (Rt 4.9,10). Desse casamento nasceu Obede, pai de Jessé, pai de Davi (Rt 4.17). Rute fez parte da árvore genealógica de Jesus, o Messias (Mt 1.5). Deus enxugou as lágrimas de Noemi, restaurou sua sorte e colocou em seus lábios um cântico de vitória. As mulheres de Belém disseram a Noemi: "Seja o Senhor bendito, que não deixou, hoje, de te dar um neto que será teu resgatador, e seja afamado em Israel o nome deste. Este será restaurador da tua vida e consolador da tua velhice, pois tua nora, que te ama, o deu à luz, e ela te é melhor do que sete filhos" (Rt 4.14,15). Rev. Hernandes Dias Lopes. Igreja Presbiteriana do Brasil.

domingo, 7 de junho de 2009

Nos braços do Pai.

Ana Paula, grande levita do senhor.

sábado, 6 de junho de 2009

O fruto das ações.

Jeremias cap. 17 ver. 10. Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações. Glória a Deus; Irmãos Graça e Paz da parte do Senhor Jesus Amém. Preste atenção nas sementes que você está plantando, por que é o fruto delas que você vai colher . As tuas ações é o que vai determinar se você vai vencer ou se vai ser derrotado diante de uma circunstância qualquer, digo isso porque está escrito "Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve", eu quero ser breve, de o seu melhor amor e você vai colher das pessoas um amor maior, de a sua melhor amizade e você terá melhores amigos, de o seu tempo com qualidade e humildade para a obra de Deus, de atenção as pessoas e tu colherás atenção também, é a lei da semeadura você planta e colhe, o Senhor esquadrinha os corações, sonda os pensamentos do homem, seja melhor com você e com as pessoas a sua volta, seja sincero e colherá sinceridade, honesto - honestidade, alegria - felicidade, paz - união, seja melhor hoje para ser melhor para sempre, seja obediente a palavra de Deus.Amém.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Colabore irmão.

Efésios, cap. 4 versículo 25. "Pelo que, deixai a mentira, e falai a verdade, cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. Glória a Deus; Irmãos que Deus abençoe a todos Amém, Paulo escreve os Efésios e no começo da sua carta (epístola), ele se refere a igreja como, o corpo de Cristo, cap. 1 ver. 22-23, agora nesse versículo veja que Paulo foi direto, "Pelo que, deixai a mentira" irmãos todos nós sabemos que o diabo é o pai da mentira, pois assim está escrito, João 8 ver. 44, e se existe mentira em nosso meio, algo de errado está acontecendo com alguns irmãos. Isso não pode ser assim, a mentira tem que estar longe dos lábios de um cristão, fomos feito nova criatura e portanto aquele que mentia, não minta mais, e te dou um propósito maior para o abandono da mentira, quem mente é contra a verdade e está favorecendo ao pai da mentira que é o diabo, toda mentira procede dele, portanto abandone agora, e falai a verdade cada um ao seu próximo, se apegue com a verdade meu irmão, toda verdade procede de Deus, do nosso Senhor Jesus e do Espírito Santo, agarre a verdade com os braços e pernas com o seu corpo todo com toda a sua força, e não solte nunca mais, porque somos membros uns dos outros, irmãos isso é profundo demais, Paulo se refere a igreja como o corpo de Cristo, e diz: "somos membros uns dos outros", imagine que eu seja as suas pernas e você seja os meus braços; agora imagine se o seu corpo me rejeitasse, você ficaria sem pernas, se o meu corpo te rejeitasse, eu ficaria sem braços, irmãos é melhor que possamos contar uns com os outros, não é melhor eu poder contar com você e você comigo, claro que seria melhor, muito melhor. Irmãos Paulo se refere a cooperação, somos cooperadores uns dos outros, imagine a igreja de Cristo, o corpo de Cristo, Cristo a cabeça da igreja, imagine o grupo de evangelistas da igreja, como as pernas do corpo de Cristo, os evangelistas vão até as almas, pregam a palavra, ganham essas almas para Jesus e elas vem para a igreja, agora imagine o ciclo de oração da igreja como os braços do corpo acolhendo essas almas com o calor de um abraço do pai, com as orações, a intercessão, com carinho, o pastor como os lábios do corpo de Cristo transmitindo a essas almas a palavra de Deus, o evangelho da transformação, a palavra que cura que liberta que salva as nossas almas, imagine o corpo em perfeito funcionamento para glória de Deus pai, seguindo as ordens da cabeça que é Cristo. Nós temos que cooperar uns com os outros no funcionamento da igreja, para que tudo seja debaixo da graça divina, para que almas sejam alcançadas, e libertas pelo poder do sangue de Jesus, e recebam o dom gratuito de Deus, que é a vida eterna por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, mediante a fé. Essa cooperação deve partir de mim e de você, sem inveja e intrigas dentro da igreja, sem porfiar, sem maldade e falta de compromisso, Amém. Glória a Deus, Aleluia Amém e Amém.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Ler a Bíblia, uma prioridade.

Glória a Deus; Irmãos nós temos consciência da importância de ler a palavra, pois o conhecimento das escrituras não nos traz confusão, pelo contrario ele nos eleva a um patamar espiritual maior e nos traz a certeza de tudo que o Senhor Deus quer de nós e para nós.

Veja o que diz esse versículo: Salmo 119 versículo 9. "Como purificará o mancebo o seu caminho? Observando-o, conforme a tua palavra.

Veja que a palavra purifica o caminho dos jovens, se o observar conforme a palavra de Deus. Veja esse outro: II Timóteo cap. 3 versículos 16 e 17. "Toda Escritura, divinamente inspirada, é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra.

Esse é um ótimo motivo para você começar a ler, existem muitos planos de leitura, na sua bíblia mesmo deve de ter um, procure conhecer algum isso pode te ajudar, a enfrentar esse grande desafio.

Existe um que é bem legal e usado por muitos irmãos, é o de se ler 4 capítulos por dia sem falhar, muitas pessoas começam assim e depois não querem parar mais, ai passam a ler 5, 9 até mais capítulos por dia, tente e seja um conhecedor da palavra de Deus. Glória a Deus!

sábado, 30 de maio de 2009

Oração.

Graças te dou ó Senhor Deus de honra de glória e de poder, Deus de misericórdia, soberano e eterno, tu és Santo Senhor, tu és bom, digno de louvor e adoração, ó Senhor tende misericórdia de minha alma, Senhor perdoa os meus pecados e minhas transgressões, neste dia ó pai em nome do Senhor Jesus eu te peço Senhor, cuida dos meus filhos da minha família, Senhor tira todo impedimento dos nossos corações, nos ensina Senhor a perdoar os nossos inimigos, a ter misericórdia e compaixão pelas almas necessitadas, ó Senhor eu peço a tua benção sobre as nossas vidas, ó pai da-nos um coração novo repleto de paz e alegria do teu Santo Espiríto, que venha Senhor se cumprir a tua vontade em nosso meio, que venha o teu Reino, Senhor visita os necessitados, os enfermos eu intercedo por eles agora e te peço cura, Senhor liberta o cativo, o drogado a prostituta, liberta pai essas vidas, Senhor da-nos Senhor um dia de paz e amor e que o seu nome seja glorificado e exaltado em nome de Jesus Amém e Amém. Glória a Deus Aleluia!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Evangelize.

Que Deus te Abençoe!

Salmo 37 versículo 5.

Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará.

Glória a Deus; Irmãos nós os cristãos temos a nossa trajetória a nossa caminhada com Cristo resumida nesse versículo, um grande numero de irmãos na igreja de hoje não nasceram em berço evangélico, grande parte desses irmãos se converteram a Cristo depois de terem vivido grande parte de suas vidas, e essa experiência foi fantástica, a conversão ninguém esquece, é um momento único na vida de todo cristão que se converteu a Cristo, e nós não podemos nos esquecer de testemunhar isso.

Pense agora no momento em que você entrou em uma igreja evangélica, sem ter ainda real sentido da palavra de Deus, e ouviu a pregação do pastor e no final do culto quando você pensou que ia ir embora ele fez o apelo, tem alguém aqui que quer entregar a sua vida para Jesus, quer aceitar Jesus como teu único e suficiente salvador, e você movido pelo Espírito Santo levantou a sua mão e foi a frente e confessou aceitar a Jesus como Senhor da sua vida salvador da tua alma, nessa hora você entregou a sua vida a Cristo.

A partir desse momento a sua vida ganhou novo sentido, o Espírito Santo que habita em você teve então liberdade para atuar na sua vida, e ele começou a grande obra que ele tem em nossas vidas a santificação do homem, a partir dai ele começou a te convencer do pecado da justiça e do juízo de Deus.

Veja que a primeira parte do versículo está ai, entrega o teu caminho ao Senhor, continuando a sua caminha você passou a ser membro da igreja e a ouvir as mensagens e a orar e adquirir conhecimento e com isso a parte mais importante adquirir fé, porque a fé vem pelo ouvir e o ouvir a palavra de Deus.
Quero dizer que a fé e a confiança são duas coisas distintas mas caminham juntas, ora se tenho fé que Deus irá realizar algo em minha vida, então eu tenho também confiança de que vai acontecer, se tenho confiança de que Deus vai fazer algo em minha vida, então tenho fé que irá se realizar.
Confia nele, é a segunda parte do versículo, confiar em Deus, é algo fundamental em nossas vidas e a confiança nos traz a certeza de muitas coisas, para resumir, confia nele e o mais ele fará, ora se você confiar em Deus o mais ele fará para você.
Lembra do título desse texto: Evangelize, eu quero te mostrar esse versículo como plano de evangelização, imagine você com uma pessoa que não conhece a palavra, e você mostra esse versículo a essa pessoa, le com ela esse versículo e começa a resumir a sua trajetória na vida cristã a essa pessoa, e conta a ela sobre sua conversão, quando você se entregou ao Senhor, e depois relata como aprendeu a confiar em Deus, e depois testemunhando as grandezas de Deus, tudo o que Deus tem feito a você e sua família, como ele tem guardado a sua entrada e sua saída, como ele tem derramado suas bênçãos sobre você e as pessoas que estão ao seu redor, conte o que Deus fez desde o princípio até hoje, se restaurou seu casamento testemunhe, se ele te libertou das drogas testemunhe, se ele te deu livramentos testemunhe, se ele te curou de doenças testemunhe, enfim conte suas experiências com Deus e lembre-se de relatar que Jesus ama essa pessoa e tem tudo de verdade e justiça para dar a essa pessoa. Amém. Que Deus te abençoe!